Fóssil de preguiça-gigante encontrado em caverna no México

Uma equipe de cientistas da Universidade da Califórnia em San Diego, nos Estados Unidos, encontrou um fóssil de uma preguiça-gigante no fundo de um cenote no México.

Em nota publicada no site da universidade, os cientistas afirmam que o fóssil teria cerca de 40.000 anos e pertence a uma espécie de preguiça-gigante até agora desconhecida.

O esqueleto fossilizado foi encontrado no cenote Hoyo Negro, na península de Yucatán.

Em 2007, o esqueleto do animal foi descoberto quase em sua totalidade, mas fragmentado pelos cientistas e mergulhadores do Instituto Nacional de Antropologia e História do México (INAH), que não conseguiram apurar de imediato de que animal se trataria.

Na mais recente expedição, foi possível encontrar a articulação do quadril, pesando 36Kg com 1.2m de largura, o que permitiu juntar aos demais fragmentos recolhidos ao longo dos anos, e identificar o tipo de animal.

A nova espécie foi batizada de Nohochichak xibalbahkah, que na língua maia significa uma “grande garra que vive no submundo”, referindo-se a uma preguiça que poderia pesar até 900 Kg, podendo as dimensões de um elefante.

As preguiças-gigantes dividiam o continente americano com os tigres-dentes-de-sabre e com os mamutes-lanosos, além de outros animais pré-históricos. A preguiça encontrada pode ter caído no cenote mexicano de uma altura de 30m, condenando-a a morte.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Mexicanos identificam naufrágio que traficava maias

Arqueólogos mexicanos identificaram um navio que levava o povo maia à escravidão por volta de 1850, quando o navio foi encontrado.

Mergulhadores documentam fóssil na caverna de Madison Blue

Mergulhadores documentam fóssil a mais de 1.000m da entrada na caverna da Madison Blue, para pesquisas do Parque Estadual da Flórida.

Netflix: First Face of America – Mergulho e 13 mil anos de história

Dica de documentário com imagens de mergulhadores explorando uma caverna em Yucatán, no México, onde retiram uma ossada de 13 mil anos.

Ossadas humanas da Era do Gelo são encontradas em caverna alagada

Artefatos foram localizados durante uma expedição de mergulho nas cavernas do México.