Fotografia Subaquática: Usar Iluminação LED ou Flash Estroboscópico ?

A iluminação LED para fotos e vídeos se tornou muito popular nos últimos tempos, principalmente porque a tecnologia das baterias de lítio e o aumento no desempenho do LED evoluiu rapidamente nos últimos anos. As baterias tornaram-se mais potentes e os LED’s mais brilhantes e eficientes.

Vejamos abaixo algumas considerações entre o spot de LED e o flash subaquático.

Principais benefícios de um flash subaquático

De vez em quando escuto alguns mergulhadores perguntando se os flashes subaquáticos estão caminhando para a extinção, por causa do aumento da diversidade de spots de LED no mercado, e me baseando com o que temos hoje em dia, acho difícil e por várias razões.

Apesar das pequenas dimensões, um flash subaquático gera mais luz com um brilho maior, se comparado com uma iluminação LED. Além disso, a luz produzida tem um alcance maior. É claro que é possível projetar um spot LED tão brilhante quanto um flash, mas seria extremamente grande e absurdamente caro.

Um flash faz com que o fotógrafo subaquático fique menos perceptível à vida marinha ao seu redor. Algumas criaturas são sensíveis à luz e tendem a fugir de fontes de luz constantes, e com isso, acaba sendo mais fácil fotografar essas criaturas mais sensíveis à luz usando um flash do que com o spot de LED.

Outra vantagem importante do flash em relação à iluminação LED é a duração da bateria. Um flash produz luz em uma pequena fração de segundo, preservando a carga da bateria, já o spot LED fica aceso o tempo todo.

Você pode ter em média, cerca de 250 flashes em potência máxima usando 4 pilhas AA, mas raramente um mergulhador vai fotografar usando o flash configurado em sua potência máxima o tempo todo. Logo, você pode esperar que um flash deve durar o dia todo de mergulho. A duração de uma bateria usada em um spot de LED na potência máxima dura aproximadamente 1h, exigindo a troca por uma bateria carregada para o mergulho subsequente.

Por fim, as lâmpadas de xenônio ou neon usadas na maioria dos flashes produzem uma boa luz quente, normalmente em torno dos 5.500K de temperatura de cor de e alta CRI 90 (Índice de renderização de cores). Uma luz de foto-vídeo de qualidade também pode produzir temperaturas de cor ideais na faixa de 5.000 a 6.000 e 95 CRI, mas há muita variação entre marcas / modelos diferentes, sendo importante saber o que você está comprando.

Principais benefícios de um spot LED para foto e vídeo

A grande maioria dos flashes não possui uma luz auxiliar de focagem da câmera, e o uso de um spot de LED irá ajudar nessa questão da focagem.

Ele também pode ser usado para gravar vídeos, capturar imagens fixas e ajudar na descoberta de criaturas marinhas em áreas escuras entre os recifes.

Outro benefício é a facilidade no uso. A câmera “enxerga” o assunto com a ajuda da luz produzida pelo LED e ajusta automaticamente a exposição de acordo com as condições de iluminação do ambiente. Em outras palavras, o que você vê no visor antes de apertar o botão do obturador será a aparência da imagem a ser capturada, diferentemente quando usamos o flash, onde muitas vezes, é preciso fotografar várias vezes o assunto para ajustar o brilho do flash até obter um resultado satisfatório da imagem.

Um benefício da iluminação LED é que ela não requer a utilização de cabo ótico / elétrico como é o caso do flash, que requer a conexão de cabo ótico / elétrico entre a câmera e o flash para acioná-lo e fazer com que esteja sincronizado com o obturador da câmera.

O benefício mais óbvio de um spot LED subaquático é a versatilidade.

LED’s Chip On Board (COB)

Um avanço significativo na iluminação LED é o desenvolvimento de LED’s COB.

COB significa “Chip On Board” e é facilmente identificável pelo grande LED do tamanho de uma moeda. Um COB contém muito mais fontes de luz na mesma área em comparação ao LED padrão, resultando em uma saída de luz maior por polegada quadrada.

O COB produz um ângulo de feixe muito amplo, normalmente em torno de 120°, tornando este tipo de luz perfeita para câmeras que estejam utilizando lente grande angular. Além disso, ele irá criar uma luz mais tênue, gerando um resultado melhor quando comparamos com vários LED’s encontrados no mercado.

É importante lembrar que nem todos os LED’s COB’s são iguais, portanto, verifique a quantidade de lúmens gerados, a temperatura de cor e o CRI antes de comprar sua iluminação.

O uso de flash e spot LED em conjunto

É possível combinar um flash com iluminação LED no conjunto da câmera sem problemas. Tudo dependerá da distribuição dos equipamentos, e você deve se atentar para isso para evitar que a câmera fique tombando para um dos lados.

Em mergulhos de caverna, por exemplo, esse conjunto acaba ajudando muito ao fotógrafo, principalmente na focagem, mas tudo dependerá do seu nível de habilidade e do que você pretende fazer com sua câmera. Fotografar com um flash requer mais habilidade e paciência para afinar a exposição da imagem. Fotografar com um spot de LED é muito mais fácil, mas o alcance do disparo efetivo pode ser limitado.

Se você fotografa mais do que filma, deve dar preferência ao uso do flash.

Se estiver filmando mais do que fotografando, os spots de LED talvez sejam a melhor opção.

Se puder ter os dois, melhor ainda !

 

Comparativos

Um resumo das vantagens e desvantagens entre o flash subaquático e a iluminação LED:

Flash Subaquático – Pontos Positivos

  • Longo alcance efetivo;
  • Pode ser menos custoso dependendo do modelo quando comparado ao LED;
  • Maior duração da bateria – dura todo o dia de mergulho;
  • O mergulhador estará menos perceptível para criaturas do mar ao compor a imagem;
  • Pode ser usado em terra.

Flash Subaquático – Pontos Negativos

  • Requer um pouco mais de habilidade e paciência para afinar a exposição da imagem;
  • Como a câmera não enxerga o resultado final, é normal realizar alguns ajustes até que a exposição da imagem esteja correta;
  • Não é utilizável para gravações de vídeo;
  • Requer conexão de cabo ótico / elétrico entre a câmera e o flash.

Iluminação LED – Pontos Positivos

  • Mais fácil e rápido de usar. Você vê o efeito de cor e exposição no visor da câmera antes de tirar a foto;
  • Sua luz ajuda para descobrir criaturas escondidas nas áreas escuras do recife;
  • Sua luz pode ser usada para fotos e vídeos;
  • Ajuda a câmera no foco automático, especialmente quando há pouca luz;
  • Ausência de cabo ótico / elétrico.

Iluminação LED – Pontos Negativos

  • Alcance efetivo reduzido, principalmente durante o dia;
  • Dependendo do modelo, pode custar muito mais caro que um flash subaquático;
  • Algumas criaturas tendem a fugir de fontes de luz constantes, especialmente à noite;
  • Menor duração da bateria;
  • Deve ser usado somente debaixo d’água, pois geralmente aquece e necessitam do contato direto com a água para o resfriamento.

Por:

Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 e Dive Master em 1990. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também prestou consultoria para a ONU, UNESCO e diversos órgãos públicos no Brasil.