Manômetros e medições imprecisas

Imagine o seguinte cenário…

Você está se preparando para um mergulho com a configuração sidemount e verificando a pressão nos manômetros, mas ao olhar pra eles percebe que as pressões possuem uma variação entre si.

O que está acontecendo ?

Uma possível explicação é que ao recarregar seus cilindros, um deles estava mais vazio que o outro, e justamente por ter que recarregar por mais tempo um deles, houve um aquecimento maior deste cilindro, fazendo com que a pressão alcançasse ao nível desejado, mas sem levar em consideração o aquecimento maior do cilindro. Ao perder temperatura, a pressão interna deste cilindro acabou diminuindo para a pressão absoluta.

Outra possibilidade é uma pequena variação na medição dos manômetros. Muitas vezes eles não são precisos e podem indicar leituras diferentes umas das outras, o que é fácil de ser constatado.

Verificando a precisão

Coloque um dos seus reguladores em um cilindro e observe a pressão. Depois coloque o outro regulador no mesmo cilindro e veja se a leitura é a mesma ou se está havendo alguma variação.

Outra possibilidade é levar os manômetros em uma oficina especializada e fazer a comparação usando um manômetro digital, que é muito mais preciso que os tradicionais manômetros subaquáticos e permitirá verificar se há diferença nas informações.

Mesmo que não haja uma correção, este procedimento vai mostrar como está a precisão do manômetro testado.

Não se surpreenda se os dois manômetros diferenciarem em até 20 bar.

Muitos mergulhadores acreditam que seus manômetros são precisos. Até mesmo os manômetros novos e prontos para o uso podem chegar a variar em 10% ou mais. Já presenciei um manômetro indicar 240 bar, enquanto que outro do mesmo modelo e lote indicava 220 bar.

Ter um manômetro impreciso também é um problema para mergulhos com cilindros duplos, pois afeta sua capacidade de gerenciamento de gás com os demais mergulhadores, apesar de não interferir na regra dos terços.

Mergulhadores usando a configuração de Sidemount precisam se preocupar com a precisão de seus manômetros, já que isso afeta diretamente a capacidade de manter os dois cilindros em equilíbrio e fazer as trocas de gás nos melhores momentos possíveis.

Lidando com manômetros imprecisos

Dependendo das circunstâncias, há algumas estratégias que você pode seguir se determinar que seus manômetros estão tendo diferenças na leitura.

Ignorar o problema: Havendo uma diferença inferior a 10 bar / 150 psi, os fatores de risco associados a ignorar essa diferença são provavelmente mínimos, mas existem.

Substituição dos manômetros: Percebendo que um dos seus manômetros está indicando dados fora da margem, o melhor a fazer é simplesmente substituí-lo por um mais preciso.

Naturalmente, o melhor momento para fazer isso é no momento de compra dos seus manômetros. Não saia da loja sem realizar uma verificação deles.

Certifique-se sair da loja com os dois manômetros com indicando a mesma medição, ou no máximo, uma diferença máxima 7.5 bar / 100 psi um do outro.

Por:

Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983, no autônomo em 1986 e Dive Master em 1990. Hoje é mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior. Também prestou consultoria para a ONU, UNESCO e diversos órgãos públicos no Brasil.