Marcações Visuais – Sua importância e uso

Em diversas ocasiões vemos mergulhadores técnicos com 2, 3 ou 4 cilindros pendurados como se fossem árvores de natal.

Tal quantidade de cilindros conduzidos pelo mergulhador, está relacionada ao perfil de mergulho a ser realizado, havendo misturas diferenciadas para serem usadas em diferentes profundidades durante um mergulho planejado.

Adesivo de Marcação Visual
Adesivo de Marcação Visual

Tendo em vista a possibilidade de inalação de gás inadequado para a profundidade em que o mergulhador se encontra, por causa de uma distração ou uma situação de emergência, os cilindros devem receber uma marcação contendo a profundidade máxima para a mistura e os percentuais da mesma.

É primordial que se tenha também um planejamento adequado e um “time” ciente dos procedimentos a serem realizados durante o mergulho técnico a ser feito.

Cada integrante deve observar o companheiro na troca de gases, para ter a certeza de que ele está trocando por o gás adequado em relação a profundidade correta, evitando um possível acidente.

Marcações

Para uma marcação adequada você deve utilizar os adesivos padronizados e disponíveis no mercado. Não havendo a disponibilidade, pode utilizar um pedaço de fita silver tape e uma caneta Pilot na cor preta.

Os números e letras devem ser grandes e com escrita clara, para que qualquer pessoa possa visualizar à distância.

Jamais utilize marcações fora de padrão. Isto pode confundir o outro mergulhador e provocar um acidente de mergulho.

Em águas mais escuras, há mais chances desse tipo de erro ocorrer.

Marcacao-Visual1

Quase um acidente…

Recentemente um caso onde um mergulhador fez a marcação com o número “20” (vide fotos), onde esse número “20” se referia a “20 metros” de profundidade máxima para a mistura em sua stage com EAN 50, na cabeça do mergulhador.

Terminado o tempo de descompressão, um amigo pediu o gás de stage e pegou o cilindro. Este por sua vez, ao visualizar o stage com a posição invertida, entendeu que era um stage com O2 100% (Oxigênio) ao invés do número “20”, e completou sua descompressão acreditando que estava respirando oxigênio puro.

Marcacao-Visual2

Felizmente não o segundo mergulhador não teve problemas com a descompressão irregular, mas poderia ter tido problema de doença descompressiva.

Para evitar esse tipo de problema, bastava realizar a marcação com o padrão de tabela, neste caso, marcando “21M”, ao invés de “20” somente, além de adicionar o “M” de metros.

Se o padrão “EAN 50” fosse utilizado, também evitaria erros de leitura.

Exemplo: 21M / EAN 50

Marcacao-Visual3

Falhas simples como esta, podem acabar com um bom final de semana ensolarado por um simples descuido e/ou falta de informação.

Lembre-se a cada mergulho que você não está sozinho, e que os outros mergulhadores podem não adivinhar o que você tem em mente, principalmente embaixo d’água.

Por:

Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983 e autônomo em 1986 pela CMAS, participando da primeira turma da PADI no Rio de Janeiro em 1990. É mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver, Advanced Cave Sidemount / No Mount IANTD, possuindo mais de 30 anos de experiência em mergulho, fotografia e vídeo subaquático.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008, sendo o idealizador do portal Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP).

Atuou na produção de diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior, sendo uma referência para a mídia, órgãos públicos no país e diversas entidades internacionais como a ONU e UNESCO, quando o assunto é mergulho em naufrágio.

Veja também:

Benefícios e perigos da Pressão Parcial do Oxigênio

Uma breve análise sobre o uso do oxigênio, seus benefícios, e riscos que ele pode trazer ao mergulhador.

Mergulho na História – Torneira com reserva, já ouviu falar ?

No passado elas eram peças fundamentais na segurança do mergulhador, e felizmente caíram em desuso com o advento do manômetro de imersão.

Cilindros de Carbono – Uma realidade no mergulho

Eles pesam menos, requerem menos lastro e conseguem ter uma capacidade superior em armazenamento de gás. Saiba mais sobre os cilindros de carbono.

Rede de Proteção de Cilindros de Mergulho: Usar ou não ?

O que deveria proteger o equipamento de mergulho, na maioria das vezes acaba contribuindo para um efeito contrário. Saiba mais...