Mergulhador morre em caverna e seu corpo pode não ser retirado

No mês de agosto foi localizado o corpo de um mergulhador russo pelas autoridades mexicanas da região de Quintana Roo.

Segundo relatos, dois mergulhadores e um guia, foram mergulhar cavernas do Parque Lu’um Balam, quando um deles se perdeu e acabou entrando em um conduto restrito.

O mergulhador acidentado era Dmitry Chernov, de 31 anos de idade, e segundo as autoridades, a caverna está fechada por uma parede, não sendo possível acessá-la sem o uso de máquinas. Os principais órgãos de segurança do país afirmam que a recuperação do corpo é complicada e perigosa, além de colocar em risco a vida dos socorristas.

O corpo encontra-se a 50m da saída da caverna e o que se sabe no momento, é que o corpo ainda não teria sido removido, apesar de todo esse tempo.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Estudo sobre violações de regras de segurança no mergulho

Após um extenso estudo, pesquisadores concluem que mergulho mais fundo e sem dupla, aumenta exponencialmente as chances de um acidente.

Relatos de Acidentes: Americanos dão exemplo, enquanto os brasileiros…

Quando o assunto é relatar um acidente de mergulho, os brasileiros em grande parte dão vexame geral. Entenda os motivos e porque isso não deveria acontecer.

Mergulhador tenta quebrar record e não retorna

Seu corpo foi encontrado aos 150 metros de profundidade em um lago na Itália, e equipes de resgate se mobilizam para realizar a recuperação.

Brasil Mergulho terá novo formato no relatos de acidentes

Votaremos a relatar acidentes de mergulho num formato diferenciado, onde os envolvidos não serão mais identificados.