Mergulhadores portugueses realizaram a captação de imagens subaquáticas e, por drone, dos destroços do navio naufragado em frente à Lagoa de Óbidos, localizada nas proximidades da cidade de Óbidos, em Portugal.

Miguel Castro e Pedro Ramalhete acreditam que os restos encontrados pertencem ao vapor inglês Roumania, que naufragou na Foz do Arelho na madrugada de 28/10/1892.

Com a colaboração de arqueólogos e historiadores, procuram agora, mais detalhes que possam ajudar na identificação do naufrágio.

Alguns moradores da região acreditam que o naufrágio possa ser o S. Domingos, que transportava carvão entre 1910 e 1920, mas tudo aponta para o Roumania.

Agora a dupla de mergulhadores se programa para retornar ao local, assim que houver uma baixa da maré com condições propícias para o mergulho e realizar novas avaliações, com base nas informações obtidas recentemente.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.