Dois navios da era da Guerra Civil foram descobertos no Lago Michigan, a cerca de 80Km de distância do local onde se imagina.

As escunas Peshtigo e St. Andrews, perdidas em 1878 ao norte do Lago Michigan, foram descobertas em um “incrível estado de preservação” aos 60m de profundidade entre Beaver Island e North Fox Island, na costa de Charlevoix, de acordo com um comunicado.

A descoberta foi vista pela primeira vez por câmera subaquática em junho de 2019, afirma o comunicado. O mergulhador e explorador de longa data Bernie Hellstrom, de Boyne City, localizou uma obstrução no local em 2010 enquanto usava uma sonda de fundo.

Quando ele submergiu seu sistema de câmeras personalizadas em junho, Hellstrom encontrou um cemitério de navios. Os naufrágios estão apenas a 3m de distância um do outro. Seus mastros caíram um sobre o outro e o carvão está espalhado pela areia. Um enorme buraco em um dos cascos indica que os navios bateram e afundaram rapidamente.

O historiador marinho Brendon Baillod entrou em uma missão de descoberta de fatos e descobriu que muitos relatos do desastre de St. Andrews-Peshtigo colocaram a colisão no lago Michigan entre Charlevoix e Beaver Island – a localização aproximada do cemitério de navios de Hellstrom.

Os mergulhadores técnicos John Janzen e John Scoles foram recrutados para descer ao local misterioso, que resultou em um vídeo de alta definição que revela evidências de um desastre dramático e violento. As condições estavam escuras e nebulosas quando os navios colidiram por volta da 1 da manhã em 25 de junho de 1878.

O Peshtigo estava a caminho de Chicago, vindo de Erie, na Pensilvânia, com uma carga de carvão. O St. Andrews estava indo para Buffalo, Nova York, de Chicago, com uma carga de milho.

O Peshtigo perdeu dois homens – o segundo companheiro John Aldrich e o wheelman John Boyle – na confusão após a colisão. Os tripulantes sobreviventes de ambos os navios foram apanhados pela escuna de passagem SVR Watson.

Construído em 1863 com 161 pés de comprimento com três mastros e pesando 384 toneladas, o Peshtigo era uma escuna gigante para seu tempo. Ela foi a maior embarcação construída em Peshtigo, Wisconsin, pelo armador Thomas Spears.

Imagens do mergulho

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.