Recentemente surgiu na web um vídeo de com uma demonstração aérea realizada na década de 60 na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Aviões da Força Aérea Brasileira e companhias privadas como a Varig, participaram do evento realizando voos bem rasos na praia, diante das autoridades e da população que apreciava o evento.

A dica do vídeo me foi passado pelo meu irmão, e durante a exibição, fui surpreendido com imagens de uma embarcação naufragando em Copacabana !

No final do show aéreo, esquadrilhas de jatos de ataque Tweety Birds (AT-33) e caças Gloster Meteor (F-8) atacam um alvo simulado no mar, próximo à praia e em frente ao hotel Copacabana Palace, com tiros de metralhadoras e bombas de exercício

Isso acontece por volta do minuto 2:40 do vídeo, e ao que parece, temos um naufrágio artificial bem na principal praia da cidade do Rio de Janeiro, que é desconhecido até então.

Olhando as imagens, dá a impressão de que ele está aproximadamente uns 200m da praia, e infelizmente não aparece na carta náutica.

Pelo visto a Praia de Copacabana possui dois naufrágios, sendo um mergulhável, pois o outro, San Martin, agora está sob um posto de gasolina. Conheça essa história aqui.

Assista ao vídeo abaixo e veja o momento do afundamento da embarcação com os tiros:

Por:

Clecio Mayrink
Editor - Brasil Mergulho

Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em apneia em 1983 e autônomo em 1986, participando da primeira turma de Dive Master da PADI no Rio de Janeiro em 1990. É mergulhador Técnico Trimix, Technical Cave Diver, Advanced Cave Sidemount / No Mount, possuindo mais de 30 anos de experiência em mergulho e fotografia / vídeo subaquático.

Foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS, em 2008, é o idealizador do site Brasil Mergulho em 1998 (MTB 0081769/SP) e atuou em diversas matérias e documentários no Brasil e no exterior, sendo uma referência quando o assunto é mergulho e naufrágios para a mídia e órgãos públicos no país, e diversas entidades internacionais como a ONU e UNESCO.