Tartarugas voltam a nascer em Galápagos após 100 anos

Tartarugas de Galápagos - Foto: Clécio Mayrink

O chefe de ecossistemas do Parque Nacional de Galápagos, no Equador, Danny Rueda, deu a notícia que após 100 anos sem conseguir nascer naturalmente, as lindas tartarugas voltaram a nascer de seus respectivos ovos.

Na conhecida Isla Pinzón, algumas dessas pequenas tartarugas características das Galápagos, já podiam ser vistas.

Como indicado pela mídia local, em 1965 foi realizado um programa para criar 20 tartarugas para que elas não fossem extintas devido à crueldade dos ratos oriundos de outros países.

“As tartarugas gigantes não nasciam naturalmente, porque os ratos que habitavam a área começaram a devorar os ovos”, disse Danny Rueda.

De agora em diante, esta espécie será desenvolvida pouco a pouco e a natureza da ilha é quem se encarregará de fazê-las crescer da maneira mais saudável.

Segundo os pesquisadores, o extermínio dos ratos que habitaram a área foi fundamental, pois eles impediam o nascimento das tartarugas gigantes.

Por:
Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui e entre em contato conosco para o conteúdo para a maior revista eletrônica sobre mergulho do Brasil, com acesso gratuito aos mergulhadores.