Pesquisadores da famosa Cidade do Cabo, na África do Sul, não sabem as causas do desaparecimento dos tubarões-brancos na região.

Os grandes tubarões-brancos não foram avistados este ano em False Bay, localizada na costa leste da cidade, segundo cientistas e operadores de mergulho. Essa ausência pode ser temporária e há uma grande preocupação com o fato, pois a avistagem desses animais pelos turistas faz parte dos US$ 2.6 bilhões injetados na economia local.

A avistagem dos tubarões sustenta o mergulho em gaiolas, que chega a empregar aproximadamente 750 pessoas.

Os tubarões começaram a ser monitorador nas praias da cidade há 14 anos após alguns ataques, mas este ano nenhum deles foi avistado.

Entre os anos de 2010 e 2016 a média de avistagens girava em torno de 205, em 2018 caiu para 50 avistamentos apenas.

Diversas carcaças de baleia que chegaram à costa não possuíam mordidas de tubarão, aspecto considerado incomum, e apesar dos pesquisadores sabem que as orcas e pescadores são os grandes inimigos desses tubarões, existe a possibilidade de algum fator ambientar estar interferindo no aparecimento desses animais na região.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.