Uma análise sobre mortes com rebreathers

Em uma edição passada revista Diving and Hyperbaric Medicine há um excelente artigo que analisa as causas das fatalidades com mergulhadores usando rebreathers de circuito fechado.

Conclui-se que, embora os rebreathers tenham um risco intrinsecamente maior de falha mecânica como resultado de sua complexidade, isso pode ser compensado por um bom projeto incorporando redundância e levando fontes de gás alternativas adequadas (ou seja, “resgate de circuito aberto”) no caso de uma falha.

A conclusão final, é que as fatalidades poderão ser minimizadas com o treinamento de mergulhadores e projetos de rebreathers com menores chances de erros de interface homem-máquina.

Clique aqui para realizar o download do estudo em PDF (em inglês).

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Pequena análise sobre incidentes de mergulho em caverna

Numa análise realizada pelo Cave Diving Group (CDG), ficou constatado que os mergulhadores britânicos acidentados cometeram três tipos de erros bem comuns.

Conversor de CCR Backmount em Sidemount

Conheça o conversor nacional para transformar um rebreather backmount em uma versão simples e leve de rebreather sidemount.

Recorde mundial de mergulho usando rebreather -316m

A quebra do recorde aconteceu no último dia 10 de outubro no lago de água doce de Garda, ao norte da Itália.

Explicação sobre Gradient Factors

Reconhecido como um dos mais renomados especialistas em rebreathers do Brasil, publicou um vídeo onde aborda profundamente o assunto.