Aquário de Monterey – Califórnia

Foto: Clécio Mayrink

Sempre fui aficionado por aquários marinhos, mas nunca tive coragem de construir um.

Seja pelo custo, mas principalmente, por manter seres marinhos em um “cativeiro” particular. Isso, sem contar o trabalho que um aquário desses dá, para mantê-lo em pleno funcionamento.

De qualquer forma, toda vez que visito uma cidade e que possua um grandioso aquário marinho, coloco como sendo um dos pontos a serem visitados, e passando pela cidade de Monterey, na Califórnia, não poderia ser diferente.

O Aquário de Monterey é muito famoso mundialmente, sendo um dos aquários mais antigos e muito bem mantidos. Todos os dias, centenas de pessoas (talvez milhares…) passam por lá, sendo um grande centro cultural, recebendo mais de 2 milhões de turistas todos os anos.

Fundado em 20/10/1984, na verdade ele possui diversos aquários contendo mais de 4.5 milhões de litros de água do mar, com os mais variados tamanhos e tipos de formatos, abrigando mais de 625 espécies de seres, além de salas de projeção e estudos.

Há um grande salão com dezenas de pequenos aquários com o cenário real do ser vivo exposto no mesmo. Através deles, é possível ter uma idéia do habitat natural do animal e ver como é a sobrevivência do mesmo, sendo um atrativo especial para as crianças.

Nos aquários maiores, ou Open Sea, é possível avistar grandes tubarões, como o martelo e até mesmo um tubarão branco !

Já o salão das águas vivas é um espetáculo à parte. Todo em azul turquesa, contrasta com centena de águas vivas na cor alaranjada.

Existe também um grande aquário com a floresta de kelp´s, grandes algas que se projetam em direção à superfície, e diversos habitats onde há uma interação das crianças com algumas câmeras que exibem as imagens embaixo d´água.

Em determinados horários, é possível ver mergulhadores alimentando os animais, porém, normalmente ocorre um aglomerado de pessoas curiosas e disputando o espaço em frente aos aquários.

Durante o dia e conforme o calendário previamente agendado, o visitante poderá assistir diversas palestras e filmes sobre o mundo marinho e terrestre.

O local é extremamente grande, contendo lanchonetes, banheiros e uma loja com milhares de brinquedos. Mulheres e crianças vão gostar bastante dessa área, que possui muitos objetos em pelúcia e miniaturas de seres marinhos.

É um passeio que dura no mínimo 4hs e com uma entrada “salgada”, pois ela custa quase U$ 35 por pessoa (ano de 2012). Se pegar os folhetos promocionais no aeroporto e centros turísticos, poderá ter um desconto se apresentado.

Dicas

Ao sair do Aquário, nas proximidades há um comércio local bem interessante e que data da antiga época em que Monterey era uma zona portuária pesqueira de sardinhas, e onde encontramos alguns restaurantes onde se come bem.

Nas proximidades do aquário, é possível deixar o carro em vagas de estacionamento nas ruas, não esquecendo é claro, de fazer o depósito da moeda nos parquímetros.

Na mesma rua do aquário, encontramos a loja de foto e vídeo Backscatter, sendo uma das maiores referências em equipamentos de mergulho para a captação de imagens. Recomendo uma visita à loja para ver o que há em novidades de equipamentos.

Pra quem passa pela US 1, que é a estrada que liga San Francisco à Los Angeles pela costa, uma parada em Monterey é obrigatória. A cidade é pequena, porém muito bacana. Se for dormir, recomendo a cidade de Carmel que fica apenas 5Km de Monterey, sendo esta, uma cidade muito comum nos filmes de Hollywood.

O hotel utilizado foi o Carmel Village Inn, que é simples, porém muito confortável.

Mais informações sobre o aquário podem ser obtidas através do site www.montereybayaquarium.org

Clecio Mayrink
Nascido no Rio de Janeiro, ingressou no mergulho em 1987 pela CMAS e realizou Dive Master em 1990 pela PADI. Hoje é mergulhador Técnico Trimix (Mergulho Profundo) e de cavernas (Technical Cave Diver e Advanced Cave Side Mount / No Mount). É juiz internacional de apneia pela AIDA e foi membro da expedição de mapeamento da Lagoa Misteriosa em Bonito-MS em 2008. Foi o idealizador do site Brasil Mergulho criado em 1998 (MTB 0081769/SP), atuou como consultor para a ONU, UNESCO, além de diversos órgãos públicos no Brasil.