Bactérias podem manter saudáveis os corais da Flórida

“Os recifes de corais são uma atração importante para turistas na Flórida”. Eles apoiam a economia do sul do estado e também são importantes para a pesca e, em geral, ecossistemas saudáveis”. disse Max Teplitski, um microbiologista e professor associado do Instituto de Ciências da Agricultura e Alimentação.

Infelizmente nos últimos 20 anos, os corais estão se degradando devido a mudanças climáticas, impactos humanos diretos e doenças nos corais estressados ​​no sul da Flórida.

A “varíola branca” causada por Serratia marcescens, uma bactéria oriunda das fezes de animais, é capaz de atacar uma variedade de animais e plantas.

Para combater a doença, Teplitski e uma equipe de pesquisadores começaram a estudar as interações entre o patógeno causador da doença e outros microrganismos que vivem em corais.

Nos estudos, os pesquisadores examinaram centenas de bactérias isoladas de pólipos de coral e não-coral para a capacidade de ajudar a evitar a varíola branca, e acabaram encontrando quatro bactérias que impediram a progressão da doença sob condições laboratoriais controladas, e que, até certo ponto, protegiam os pólipos de ficar doentes.

Foi observado também, que os pólipos contendo a bactéria sobreviveram à infecção, enquanto que aqueles sem a bactéria acabaram morrendo.

Com base nestes resultados, os cientistas podem começar a verificar pólipos individuais para a presença de bactérias benéficas antes de introduzi-los em um sistema de recife como parte da restauração de recifes de coral.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Pesquisadores encontram banco de corais com 16Km² em Noronha

De acordo com Equipe do Departamento de Oceanografia da UFPE, os corais estão nos 50m de profundidade e distante cinco quilômetros da ilha.

Parque Nacional de Cozumel fecha por causa de doença em corais

Operadoras locais protestaram contra a decisão de fechar os recifes ao turismo, alegando que sofrerão uma perda de renda inaceitável como resultado.

Corais “mortos” pelas mudanças climáticas estão voltando à vida

Pesquisadores da Universidade de Barcelona constataram que alguns corais que estariam "mortos", conseguiram voltar a mostrar sinais de vida.

Corais de 5 mil anos são descobertos na Queimada Grande

Descoberta científica localiza-se a 30 quilômetros das praias de Itanhaém, abrangendo 75 mil M² e é formada por uma única espécie.