Após muito trabalho, finalmente foi agendado para o próximo dia 19 de outubro deste ano, o afundamento das embarcações Agenor Gordilho e Vega, na cidade de Salvados-BA, para a criação de recifes artificiais.

Segundo o idealizador do projeto Igor Caneiro, que é Presidente da Associação dos Mergulhadores Recreativos da Bahia, instrutor de mergulho e proprietário da operadora Shark Dive, foi uma luta árdua, porque realizar um projeto desse porte no país necessita de um longo trâmite r por envolver diversas entidades.

Foram várias tentativas solitárias desde 2012, risadas de alguns e várias vezes escutando coisas do tipo “isso não é permitido”, até a primeira conversa com o amigo Leonardo Sepulveda do INEMA, em meados de 2016, que abraçou a ideia e apresentou ao então Secretário de Turismo da Bahia, José Alves.

Ainda segundo Igor, além do longo trabalho, ele contou com a ajuda de inúmeras pessoas que o ajudaram no andamento do projeto, que trará como resultado, o aumento de turistas e geração de empregos.

O projeto será concluso no próximo mês, levando ao Estado da Bahia, novos pontos de mergulho, beneficiando todos.

Colaboradores

  • SETUR
  • AMERB
  • INEMA
  • Marinha do Brasil
  • Shark Dive
  • ENGESUB
  • BELOV
  • SAGA Rebocadores
  • Wilson Sons

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.