Marinha abre investigação sobre naufrágio de lancha na Laje de Santos

A lancha encontrada naufragada no Parque Estadual Marinho da Laje de Santos, a 40Km da costa, afundou na última segunda-feira. A informação é da Marinha do Brasil, que abriu inquérito para investigar as circunstâncias e as responsabilidades do incidente.

Equipes da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), pela Autoridade Marítima, e da Fundação Florestal, pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado, foram nesta quinta-feira ao parque marinho para vistoriar a área do naufrágio e sinalizá-lo. Não houve detecção de poluição hídrica no entorno da embarcação.

As autoridades foram informadas após dois dias do ocorrido porque mergulhadores localizaram o barco, por acaso, aos 14m de profundidade na manhã da quarta-feira (21). Entre os materiais encontrados, estavam os documentos dos pescadores profissionais Silvio Ferreira e Paulo Martins Filho, informou a Fundação Florestal por nota.

Ao ser notificada, a Autoridade Marítima localizou no Guarujá, os dois pescadores em casa.

Eles passam bem e informaram que foram resgatados por outra embarcação que passava pelo local,m quando o barco onde estavam, Margarida IV, naufragou. Detalhes sobre ocorrido e a justificativa por estarem em uma área de preservação não foram informados.

O parque marinho é considerado um berçário de diversas espécies e, por isso, é uma área de preservação ambiental. Pescar, praticar caça submarina, portar material de pesca no local (mesmo que não esteja pescando), assim como gerar algum tipo de poluição, são considerados crime. O infrator flagrado está sujeito à multa e, até mesmo, prisão.

Os materiais de pesca que estavam presos ao barco que afundou foram retirados pelos mergulhadores que o localizaram.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Mergulhadores realizam ação para retirar coral invasor no litoral paulista

Equipes de mergulhadores voluntários e pesquisadores, realizaram ação para retirar o Coral-Sol de algumas áreas na Laje de Santos.

Farol da Laje de Santos e sua história

Todos os dias ele está por lá ajudando na orientação de todos que navegam nos arredores da Laje de Santos e trazendo segurança para todos.

Laje de Santos reabre na sexta-feira para visitação e mergulho

Após meses fechado, Parque Estadual Marinho da Laje de Santos reabre o acesso e os mergulhadores já podem retornar as atividades.

Alívio para a Laje de Santos e demais parques de SP

Governador João Doria e assessores voltam atrás na decisão de exinguir a Fundação Florestal e sua atuação no meio ambiente no Estado de SP.