Motor do Avião de Arraial – Mistério desvendado ?

Foto: Jorginho de Paula

Esta semana a versão em português de um site de notícias sensacionalistas publicou um artigo mencionando o encontro de um motor de avião da primeira guerra mundial no mar de Arraial do Cabo, no litoral norte do Rio de Janeiro.

A primeira vista achei estranho e não dei muita atenção, mas o assunto ganhou repercussão e criou um mistério em torno do assunto.

Decidi então consultar minha base de informações sobre naufrágios na região, e não encontrei algo que indicasse algum afundamento de aviões na área. Aliás, acho até estranho cogitarem como primeira guerra, pois naquela época, o Brasil estava engatinhando no assunto.

Levei o assunto até um amigo que trabalha na Gulfstream Aerospace com projetos de aeronaves, nos Estados Unidos. Ele foi o engenheiro responsável pelo desenho dos aviões EMB 145 e 195 da Embraer, ou seja, um profundo conhecedor no assunto, e de fato, ele confirmou ser um motor radial da Pratt & Whitney de alguma aeronave.

Sobreposição do motor do Zepelin K36 com a foto do motor encontrado.

Seira o motor do Zepelim K-36 ?

Pensando no assunto, recordei do acidente do Zepelim K-36 na Ilha do Farol, em Arraial do Cabo. Na época, o K-36 usava o motor radial R-1340 Wasp da Pratt & Whitney, chegou a fabricar 34.966 unidades. Aliás, esse mesmo motor foi usado pelo avião T-6 Texan pela Força Aérea Brasileira durante a Segunda Guerra Mundial, sendo que um deles naufragou nas proximidades da Ilha dos Búzios, na Ilhabela-SP.

Mas voltando ao motor, consegui uma fotografia do motor R-1340 e, realizando uma sobreposição com a foto do motor encontrado no mar, os ângulos da máquina batem, abrindo a possibilidade de ser realmente um motor R-1340 usado no Zepelim K-36. Além disso, os dois motores possuem o mesmo número de pistões e conexões dos cabeçotes.

Entrei em contato com o Leandro Miranda, autor do livro K36 – O Zepelim que caiu no cabo para obter algumas informações. O avô do Leandro foi a pessoa que encontrou os destroços do zepelim, e como imaginei, ele confirmou que ser o mesmo fabricante dos motores e também acredita que o motor encontrado possa ser mesmo do Zepelim.

O motor encontrado está próximo ao local onde os destroços foram encontrados na Ilha do Farol, inclusive.

Comparativo

Repare na quantidade de pistões e nas tubulações.

 

Ao lado de um motor de um avião que naufragou no RJ

Conclusão

Não podemos afirmar com 100% de certeza que o motor encontrado seja do Zepelim K-36 acidentado, mas acredito que haja grande possibilidade do motor encontrado ser dele e que provavelmente tenha caído durante o transporte para a terra, não sendo assim, um motivo para tanto alarde na cidade como está sendo feito.

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui e entre em contato conosco para o conteúdo para a maior revista eletrônica sobre mergulho do Brasil, com acesso gratuito aos mergulhadores.