Naufrágio artificial: Arredores de Londres ganha nova atração

O lago Wraysbury, nos arredores da cidade de Londres, Inglaterra, ganhou uma nova atração para os mergulhadores. Uma parte de um antigo avião foi colocado no fundo do lago.

A metade posterior aparentemente foi destruída durante a gravação do filme Velozes e Furiosos, e o primeiro voo foi em 1986 para uma companhia aérea australiana, que posteriormente passou a pertencer à Jet2 e posteriormente, ele foi convertido em avião de carga.

O último voo do G-CELA foi para Cotswold em junho de 2017, e a frente da fuselagem foi transportada para Wraysbury em maio de 2019.

O lago Wraysbury de 15 acres, tendo um grande número de atrações subaquáticas. Ele é muito utilizado para treinamento em várias profundidades e a entrada custará £15.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Stellar Banner

Ficha técnica do naufrágio

Presidente Bolsonaro demonstra interesse em criar recifes artificiais

Em um post publicado em sua conta no Twitter, o presidente menciona a criação de recifes artificiais e o afundamento de embarcações.

Edital visa realização de naufrágios artificiais na Baía de Todos os Santos

A SETUR publicou um edital para contratação de estudos que apontem localizações propícias para realização de naufrágio artificial na BA.

Rebocadores estão sendo afundados em Recife

Operação para afundamento dos navios via a criação de novos recifes artificiais.