SeaWorld anuncia morte da orca Tilikum, que matou treinadora em 2010

O SeaWorld anunciou que a baleia orca Tilikum, responsável pela morte de sua treinadora em 2010, morreu na última segunda-feira, em Orlando, na Flórida.

A orca tinha cerca de 36 anos e vivia no SeaWorld de Orlando há 25 anos, após ter sido transferida do parque Sealand of the Pacific, no Canadá.  Ainda não se sabe a causa da sua morte, mas sabe-se que ela sofria de uma infecção bacteriana grave no pulmão.

Acidente em 2010

Quando ocorreu o ataque a treinadora Brancheau, seu comportamento foi tão agressivo, que as equipes de socorro não conseguiram mergulhar para salvar a treinadora, uma das mais experientes do SeaWorld.

O terrível incidente, testemunhado pelo público que ainda deixava o local após o show, chegou a ser registrado por câmeras de vídeo.

Posteriormente o parque adotou novas medidas de segurança.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Os melhores lugares do mundo para ver baleias

Saiba onde encontrar agrupamento de baleias e aproveite sua viagem usando um live aboard nos principais pontos de mergulho.

Baleia azul é filmada na Baía de Monterey

Fotógrafo de vida selvagem estava com sua equipe preparando uma produção, quando se depararam com uma grande baleia nadando na proximidades.

Ensaio sobre o Gerenciamento de Acidentes de Mergulho

Saiba como o responsável por uma operação de mergulho deve proceder no caso de um eventual acidente e o que deve ser evitado.

Aumento do número de acidentes entre mergulhadores

Cursos com baixa qualidade e a falta de preocupação com os mergulhadores certificados, podem ser as causas para o aumento de acidentes.