Seria o naufrágio Vapor das Crioulas o Vapor Diligente ?

Localização no Vapor das Crioulas nas proximidades das Ilhas Maricás

FábiopEm novembro de 2011, um grupo de mergulhadores realizaram uma expedição no Rio de Janeiro, para averiguar dois pontos indicados por um pescador de Niterói-RJ, como sendo prováveis naufrágios.

No primeiro, havia restos de uma traineira de pesca, onde foram observados o motor à diesel, hélice, eixo, dentre outras peças. A visibilidade estava bem ruim e após explorar a área em várias direções, pouca coisa foi encontrada.

Logo depois, eles se dirigiram até a ponta nordeste das Ilhas de Maricás, e por lá, encontraram um motor e eixos de um vapor de rodas. O naufrágio foi batizado de “Vapor da Crioulas” em referência a um grupo de lajes próximas à ponta nordeste das Ilhas de Maricás.

As buscas não terminaram aí. O mergulhador e pesquisador, Fábio Conti, que também participou da primeira visita ao naufrágio, realizou algumas pesquisas atrás de informações que pudessem levar a real identificação do “Vapor das Crioulas”, e mais uma vez a internet se mostra uma excelente fonte de consulta, trazendo uma possibilidade… o Vapor Diligente.

Em 24 de fevereiro de 1875, por volta das 4h da madrugada, o vapor Diligente que havia partido de Caravelas, na Bahia, bateu na ponta nordeste das Ilhas Maricás, segundo o jornal Diário do Rio de Janeiro.

As informações são poucas, mas diante das características do naufrágio encontrado com as informações presentes no jornal da época, dão indicativos de que o “Vapor das Crioulas” seja na verdade o Vapor Diligente, sendo essa a sua possível identificação real.

Localização no Vapor das Crioulas nas proximidades das Ilhas Maricás

Veja algumas notícias dos jornais da época

Naufrágio Diligente / Google Photos

Por:

Fábio Conti

Fábio Conti é formado em Engenharia Mecânica pela UGF em 1984, com especialização em hidroacústica pela Pennsylvania State University.

Trabalha a mais de 17 anos na Petrobrás, onde nos últimos 9, atua na execução de operações marítimas de posicionamento, utilizando recursos de satélite e hidroacústicos, e participa em levantamentos geofísicos do fundo do mar.

Com mais de 20 anos de experiência em mergulho, atualmente é Tec Trimix pela DSAT, Deep Air Diver e Advanced EANx Diver pela IANTD, e 3 estrelas pela CMAS.Tem como hobby a leitura sobre história marítima e atualmente se dedica à fotografia submarina e ao mergulho técnico.