SETUR prepara naufrágio para fortalecer turismo subaquático na Bahia

A Secretaria Estadual do Turismo da Bahia realizará um naufrágio controlado de uma embarcação na Baía de Todos-os-Santos, com objetivo de incentivar o turismo de mergulho.

“Este trabalho é conduzido pela SETUR em parceria com a Marinha, que muito auxilia, em face da complexidade técnica e do ineditismo dessa iniciativa na Bahia”, afirmou o subsecretário do Turismo, Benedito Braga.

O ferry Agenor Gordilho está sendo preparado para o naufrágio, com a retirada das peças que possam representar riscos aos mergulhadores, bem como de todo material potencialmente tóxico, evitando a contaminação do meio ambiente.

O naufrágio artificial propicia a formação de recifes artificiais, que favorecem o habitat marinho e se convertem em atrativo para visitantes, mergulhadores profissionais e estudiosos, além do crescimento do turismo na região. A previsão é que em um ano a embarcação esteja repleta de vida marinha.

Por:

Redação

Se você possui algum conteúdo relacionado ao mergulho e acha que pode ser interessante dividir com outros mergulhadores ?

Clique aqui para entrar em contato conosco e enviar o conteúdo a principal revista eletrônica sobre mergulho do Brasil.

Veja também:

Agenor Gordilho

Ferry boat de 1972 construído para ser usado por 45 anos na travessia entre Salvador-Itaparica e transformado em recife artificial.

Vega MOD I

Embarcação do tipo offshore adquirida para ser transformado em recife artificial em Salvador, na Bahia, para a criação de recifes artificiais no Estado.

Ferry Agenor Gordilho e Rebocador Vega serão afundados em outubro

Data dos afundamentos foram agendadas e serão publicadas no Diário Oficial do Estado, confirmando a execução do projeto nas águas da Bahia.

Ferry-boat Agenor Gordilho será afundado na Bahia para recife artificial

Embarcação realizou a travessia Salvador - Itaparica durante 45 anos e não será reformada para se tranformar em recife artificial.